Total de visualizações de página

Google+ (Meus Seguidores)

Pesquisar neste Blog

Translate

quinta-feira, 26 de janeiro de 2017

CADÊ OS CRACHÁS DE IDENTIFICAÇÃO DOS MÉDICOS E ENFERMEIROS?


Notei o seguinte em 2015 / 2016 / 2017 quando eu fui em diversos atendimentos médicos.

Cadê os crachás de identificação dos médicos? quem é médico de qual especialidade?
Cadê os crachás de identificação dos enfermeiros? quem são os enfermeiros?
Cadê os crachás de identificação dos estagiários de medicina?
Cadê os crachás de identificação de quem não é médico e não é enfermeiro?

Os pacientes tem todo o direito de saber com quem eles estão falando quando pedem a marcação (agendamento) de consultas médicas nos hospitais públicos ou privados, idem nos postos de saúde públicos, e idem nas clinicas da família existentes dentro dos postos de saúde públicos.   

Se um médico especialista faltar ao trabalho, faltar a uma consulta médica que estava agendada com um paciente, jamais um enfermeiro incompetente deverá tentar substituir o trabalho de um médico.

Em 2015 e 2016 eu pedi o agendamento de consultas médicas com ginecologista, com cardiologista, com angiologista, esperei vários meses pela consulta médica, e para a minha total surpresa quem se atreveu a querer me atender foi enfermeiras incompetentes querendo substituir o trabalho de médicos de diversas especialidades, e a consequência disso foi que eu perdi vários meses a toa, perdi o meu tempo com o atendimento de enfermeiros incompetentes, e não fui atendida pelo profissional médico das especialidades que eu solicitei a marcação de consulta médica, ha vários meses atrás.

Eu acho um absurdo total uma enfermeira (sem crachá de identificação) ficar atendendo a população, ficar atendendo os pacientes, fingindo ser médica ginecologista, fingindo ser médico cardiologista, etc. A obrigação dos enfermeiros é ajudar o trabalho dos médicos, jamais tentar substituir o trabalho de um médico. Enfermeiro nenhum tem estudo igual e competência para substituir médicos cardiologistas, médicos ginecologistas, médicos ottorino, etc.

E médico clínico geral não é médico ginecologista, para ser tem que ter estudado a especialização médica em cursos de pós-graduação, em cursos de mestrado, em cursos de doutorado médico.

E médico clínico geral não é médico cardiologista, para ser tem que ter estudado a especialização médica em cursos de pós-graduação, em cursos de mestrado, em cursos de doutorado médico.

Esses ABSURDOS que eu vi existir dentro dos hospitais públicos e postos de saúde públicos tem que terminar.  Esses enfermeiros incompetentes que querem substituir o trabalhos de médicos especialistas competentes, o que esses enfermeiros fazem é prejudicar a saúde de centenas de pessoas, o que fazem é prejudicar a saúde de centenas de pacientes.

Os enfermeiros estão cansados de serem enfermeiros?  

Voltem para a Universidade!!!!  Estudem medicina!!!  

E depois que esses enfermeiros conseguirem concluir o curso superior e ganharem o certificado de médico clinico geral, que estudem uma pós-graduação, estudem mestrado e estudem doutorado!!!!


JAMAIS DEVEM DEIXAR E ACEITAR QUE ENFERMEIROS FINJAM SER MÉDICOS!!!

JAMAIS DEVEM DEIXAR E ACEITAR QUE ENFERMEIROS TENTEM SUBSTITUIR O TRABALHO DE MÉDICOS DE DIVERSAS ESPECIALIDADES, ISSO PREJUDICA TUA SAÚDE!!!!

Sabem qual é a minha sincera opinião?  Que todos os enfermeiros incompetentes que fingem ser médicos cardiologistas, que fingem ser médicos ginecologistas, etc, sejam todos demitidos com a devida justa causa, porque o que eles estão fazendo é prejudicar a saúde de diversos pacientes.  Porque enfermeiro nenhum tem competência para querer e poder substituir um médico especialista.

Todos os pacientes tem o direito de ver o crachá do médico, ver o nome do médico, ver qual é a especialidade médica escrita no crachá de identificação, idem os enfermeiros, e poder reclamar nos órgãos competentes caso tenha sofrido de mau atendimento por um médico ou enfermeiros.

CADÊ O CRACHÁ DOS MÉDICOS E ENFERMEIROS EM HORÁRIO DE TRABALHO?  O CRACHÁ DE IDENTIFICAÇÃO TEM QUE ESTAR PRESO NO UNIFORME DO MÉDICO OU ENFERMEIRO, EM LOCAL VÍSIVEL  PARA O PACIENTE VER E PODER LÊR A INFORMAÇÃO CONTIDA NO CRACHÁ DE IDENTIFICAÇÃO DO PROFISSIONAL.

JAMAIS ENFERMEIROS DEVEM TENTAR SUBSTITUIR OS MÉDICOS!!!!

SE UM PACIENTE PEDE O AGENDAMENTO (MARCAÇÃO DE CONSULTA MÉDICA) COM DETERMINADO MÉDICO, DE DETERMINADA ESPECIALIDADE MÉDICA, E O PACIENTE ESPERA VÁRIOS MESES POR ESSA CONSULTA MÉDICA, QUANDO FINALMENTE CHEGA O DIA DA CONSULTA MÉDICA, É PARA EXISTIR UM MÉDICO FAZENDO O ATENDIMENTO MÉDICO DOS PACIENTES QUE ESTÃO COM AGENDAMENTO MÉDICO MARCADO.

É OBRIGAÇÃO DOS ATENDENTES EM POSTOS DE SAÚDE E EM HOSPITAIS PUBLICOS E PRIVADOS AVISAR E LEMBRAR TODOS OS PACIENTES DO DIA DE MARCAÇÃO DE UMA CONSULTA MÉDICA, ISSO É ROTINA EXISTENTE HA MAIS DE 10 ANOS EM DIVERSAS CLINICAS MÉDICAS.

CASO UM PACIENTE SE ESQUECE DE UMA CONSULTA MARCADA E FALTA NO DIA DA CONSULTA OU EXAME MÉDICO, O ENFERMEIRO OU O ATENDENTE TEM A OBRIGAÇÃO DE MARCAR O AGENDAMENTO DE NOVA DATA DE CONSULTA OU EXAME MÉDICO PARA O PACIENTE.

EM 2015 E 2016 EU NOTEI QUE OS POSTOS DE SAÚDE PÚBLICOS DO RIO DE JANEIRO DESOBEDECEM ESSA REGRA BÁSICA QUE JÁ EXISTE HA DEZENAS DE ANOS, DE TELEFONAR AOS PACIENTES LEMBRANDO DAS CONSULTAS MÉDICAS, E DE REFAZER A MARCAÇÃO DAS CONSULTAS MÉDICAS SEMPRE QUANDO UM PACIENTE SE ESQUECE DA DATA OU O PACIENTE NÃO PODE IR COMPARECER POR OCORRÊNCIA DE ALGUM IMPREVISTO.

EU JÁ FUI PREJUDICADA EM 2015 E 2016, ESPERO SINCERAMENTE QUE O PREFEITO DA CIDADE DO RIO DE JANEIRO MANDE DEMITIR TODOS OS ENFERMEIROS QUE SE ATREVEM A FINGIR QUE SÃO MÉDICOS, ENFERMEIROS QUE QUEREM SUBSTITUIR OS MÉDICOS.

CADÊ OS CRACHÁS DE IDENTIFICAÇÃO PROFISSIONAL DE MÉDICOS E ENFERMEIROS QUE TRABALHAM DENTRO DOS POSTOS DE SAÚDE PÚBLICOS E HOSPITAIS PÚBLICOS, E DOS ENFERMEIROS E MÉDICOS QUE TRABALHAM NESSAS CLINICAS DA FAMILIA?  

EU VI PESSOALMENTE ENFERMEIROS FAZENDO ESSE ABSURDO TOTAL.

ESTAMOS COM UM PREFEITO NOVO, CUJA PROPAGANDA POLITICA FOI QUE IRIA CUIDAR DAS PESSOAS.  POIS BEM.  EU VI IRREGULARIDADES DIVERSAS.

CADÊ OS CHACHÁS DE IDENTIFICAÇÃO DE MÉDICOS E ENFERMEIROS????

ESSES ABSURDOS TEM QUE TER PONTO FINAL. 



CADÊ UMA NOVA AUDITORIA NO INSS (PREVIDÊNCIA SOCIAL) ?


Ultimamente eu tenho visto muitos absurdos em notícias na televisão, e em notícias em jornais e revistas na internet.  Cadê a AUDITORIA NAS CONTAS DO INSS (PREVIDÊNCIA SOCIAL)?

As pessoas que trabalham AUTÔNOMO pagam o valor do INSS mensalmente durante 30 anos para depois poderem se aposentar quando forem idosos, e esses valores são contabilizados pelo autônomo, pelo banco que recebeu o pagamento, e é contabilizado no INSS também.  

As empresas pagam os valores de INSS relativo ao trabalho de seus funcionários mensalmente, e esses valores pagos são contabilizados nas empresas, no banco, e no INSS.

Esses valores de INSS que foram pagos ele é contabilizado dos três lados, ele é contabilizado pela pessoa ou empresa que pagou, é contabilizado no banco que recebeu o dinheiro do pagamento, e o valor pago é contabilizado também no INSS no momento que o banco transfere o dinheiro para o INSS, porque o INSS contabiliza o recebimento do dinheiro.

Uma vez que a pessoa pagou o INSS durante vários meses, durante vários anos, e a pessoa ainda não se aposentou, esse dínheiro tem que estar disponivel para o uso dessa pessoa quando ela for se aposentar com 30 anos de contribuições pagas e devidamente contabilizadas junto ao INSS.

Eu li meses atrás que existe pessoas que nunca contribuíram com o pagamento de suas aposentadorias, e que o INSS (PREVIDÊNCIA SOCIAL) concedeu aposentaria a essas pessoas.  Pois bem, tem que CANCELAR AS APOSENTARIAS DE TODOS OS QUE NÃO CONTRIBUIRAM, E SOLICITAR A DEVOLUÇÃO DO DINHEIRO, PORQUE ESTÃO COM IRREGULARIDADE.

Eu só sei uma coisa, eu trabalho desde 07/11/1985, todas as empresas que eu trabalhei fizeram o pagamento dos valores do meu INSS durante vários anos, eu já tentei me aposentar 3 vezes por tempo de contribuição desde que eu completei 48 anos de idade, e o INSS recusou me aposentar por tempo de contribuição.

Assim como o INSS se recusou a me aposentar, essas pessoas que nunca contribuíram com valores durante 30 anos também tem que ter suas aposentarias devidamente cancelada e deverão devolver todo o dinheiro recebido de forma irregular de volta para o INSS.

Todas as pessoas que pagam o INSS tem o direito  de se aposentarem quando completarem 30 anos de contribuições devidamente pagas e quitadas junto ao INSS.

Quando uma pessoa FALECE o governo fica com todo o dinheiro que a pessoa pagou ao INSS durante 30 anos de trabalho.  Existir déficit no INSS é um absurdo total. Cadê a AUDITORIA no INSS?  

EU AINDA ME LEMBRO DE TER LIDO EM DIVERSOS JORNAIS E EM DIVERSAS REVISTAS, NA DÉCADA DE 80 E NA DÉCADA DE 90 QUE FOI FEITO MAIS DE UMA AUDITORIA NAS CONTAS DE APOSENTADORIAS DO INSS E O RESULTADO DISSO FOI QUE FOI ACHADO DIVERSAS IRREGULARIDADES NAS CONTAS DO INSS, NAQUELA ÉPOCA.  


TEM DÉFICIT DE NOVO?  CADÊ UMA NOVA AUTORIA NAS CONTAS DO INSS?


quinta-feira, 19 de janeiro de 2017

CEO, CSO, COO, CFO, CIO, etc. Qual o significado dessas siglas?


Vocês com certeza já leram e/ou ouviram por ai esses termos, mas qual seria o significado dessas siglas? 

Com esse post vocês vão entender e não mais se confundirem, ao lerem artigos e notícias relacionadas à Tecnologia da Informação (TI) (IT) e outras áreas administrativas.


CEO (Chief Executive Officer): 

Diretor Geral da Empresa, o cargo mais alto, normalmente o presidente da corporação, reporta-se ao presidente do conselho e aos membros do conselho. O CEO é o cara que chefia a empresa inteira – equivalente ao presidente nas empresas brasileiras. No Brasil, o presidente manda e desmanda. No modelo estrangeiro, o presidente é submetido ao Conselho, ou seja, o Chefe do Conselho manda no CEO. É capaz de demiti-lo, caso ele não ande na linha.


CSO (Chief Strategy Officer): 

O Diretor de Estratégia, um cargo recém-chegado, é responsável pela estratégia de fusões, compras de outras empresas e unidades. Pode ser responsável também pela segurança dos sistemas de comunicações e negócios da companhia.


COO (Chief Operating Officer): 

O Diretor de Operações é geralmente o “braço direito” do CEO.  Também podendo ser chamado de chamado de Diretor  Administrativo e Financeiro, no Brasil, ele cuida das finanças, RH, administrativo e etc. Ele é responsável por Tudo que é relativo à operação de rotina da empresa, ou seja, todas as áreas que formam as engrenagens do negócio. Ele pode ser visto como um diretor-geral. Seu nome é executivo-chefe de operações, mas você pode chamá-lo de braço direito do CEO. Enquanto o chefe pensa a estratégia, o COO cuida mais de perto da rotina do negócio.


CCO (Chief Compliance Officer): 

O Diretor Chefe de Compliance, ainda outro recém-chegado cargo, é responsável por assegurar que a companhia e seus empregados estão em conformidade com as regras do governo e políticas internas.


CFO (Chief Financial Officer): 

O Diretor Chefe Financeiro é as vezes também o tesoureiro e, em muitas companhias, é visto como a segunda pessoa mais importante na companhia. É o indivíduo responsável pelo controller financeiro (separado do COO). Normalmente o CEO manda no COO, que do lado dele tem o CFO, CIO e etc.


CHRO (Chief Human Resources Officer):    Diretor de recursos humanos.


CIO (Chief Information/Imagination Officer): 

Responsável pelo planejamento tecnológico e promotor da criatividade pessoal. O Diretor Chefe de Informações é o cargo recém-chegado entre os maiores executivos em uma companhia, é responsável pelos sistemas de informações de uma empresa, e, especialmente com a internet, muitas vezes se encarrega da infraestrutura de e-business da companhia.


CTO (Chief Technology Officer): 

Responsável pela criação da infraestrutura tecnológica. O Diretor Chefe de Tecnologia é outro cargo relativamente recém-chegado ao corpo executivos de uma empresa. É provavelmente visto como a segunda ou terceira mais importante pessoa em qualquer empresa tecnológica. O CTO é responsável pela pesquisa e desenvolvimento e eventualmente fica a cargo de planos para novos produtos. Em linhas gerais, o CIO cuida da estratégia por trás da tecnologia – como ele pode mudar a forma como a empresa faz negócios, enquanto o CTO comanda a arquitetura e a infra-estrutura dos sistemas. Há empresas com os dois profissionais.


CKO (Chief Knowledge Officer): 

É o responsável pelo gerenciamento de conhecimento da companhia. Chamado de Chief Learning Officer (CLO), é quem administra o capital intelectual da empresa, reúne e gerencia todo o conhecimento da organização. Entende tanto de tecnologia e processos quanto de pessoas. É um sujeito-chave, por exemplo, nas consultorias.


CRO (Chief Risk Officer): 

Gerencia os riscos financeiros, as estratégias de negócio, a concorrência e a legislação. O cargo surgiu quando empresas de todas as áreas, e não somente bancos passaram a se preocupar com a administração de riscos. Além de questões financeiras, o CRO avalia itens como estratégia do negócio, concorrência, legislação e problemas ambientais.


CMO (Chief Marketing Officer): Diretor de marketing.


Fonte:  http://blog.thalissonoliveira.com.br/?p=290


Minha lista de blogs